Dança Livre

A concepção do termo Dança Livre surgiu do fato de que hoje temos muitas nomenclaturas para os estilos musicais e de dança. Estas nomenclaturas, por vezes, nos remetem a algo padronizado, com referências específicas de certo e errado, personificando quem a executa de maneira a qualificá-lo como A ou B.

Desta forma, a proposta da Dança Livre, é a de oferecer uma modalidade de dança aonde o limite da movimentação é o limite de cada corpo.

Esta dança encaixa em uma esfera que é livre de padrões, livre de conceitos e pré conceitos e livre no fazer do movimento. Trabalha a consciência corporal e a auto aceitação do mover do próprio corpo, com o objetivo da descontração. Oferece também, condicionamento físico, treinamento da coordenação motora e outras habilidades.

Proporciona como resultado, melhor qualidade de vida e bem estar para seus participantes. Se faz também a inclusão social tendo em vista que a dança livre, permite participantes de todas a faixas etárias e promove a inclusão e socialização considerando que cada praticante executa os movimentos dentro do seu próprio limite.